domingo, 28 de abril de 2013

A Lua e Eu




Sempre fui admiradora da lua, não lembro o exato o momento que eu comecei a notá-la, mas tenho quase certeza que crescer ouvindo meu pai recitando “A benção dindinha lua que dá peixe com farinha para dar para minha gatinha que fica debaixo da balainha” colaborou e muito.
Eu acho a lua extraordinária! Ela é um satélite que consegue ser misterioso, lindo, perturbador, encantador e brilhante, mesmo sem ter luz própria. Eu a acho linda em todas as suas fases.
E por falar nisso, essa é uma semelhança que vejo entre a lua e eu: as fases! (na verdade uma semelhança entre a lua e as pessoas).
Claro que não tenho apenas 4 fases e que dificilmente passarei pela mesma mais que duas vezes ao ano, mas é fato que as tenho :P
Uma coisa que me deixa triste é quando as pessoas que amamos ou queremos bem não estejam em fases com a mesma sintonia que a sua, mas é enriquecedor quando você acompanha as fases de crescimento de pessoas queridas, assim como é reconfortante e esperançoso quando a fase ruim passa e uma boa começa...
Cada fase tem sua singularidade, sua beleza e sua importância, assim como as da Lua, é uma pena que nem sempre só percebemos essas coisas quando já passamos por elas!
Tudo na nossa vida é fase, algumas você passa de novo (embora nunca vai ser mesma coisa, já que você estará diferente) outras você nunca mais verá ou ainda quase não lembrará, mas acredito que o segredo (e tenho que aprender a colocar em prática) é tirar as coisas positivas da fase que você está passando e perceber quando está na hora de ir para uma nova.
Só espero não demorar muito para aprender a colocar em prática.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Contato de 4º grau - o filme



Em algum dia desse mês vi o filme “contato de 4ºgrau”, uma ficção científica cuja proposta é apresentar a história da Dra. Abbey Tyre, psicóloga que tenta descobrir a verdade sobre a morte do marido e sobre os acontecimentos estranhos que acontecem na cidade de Nome, Alaska.


Vou tentar não falar sobre o filme e ou dar spoillers, pois quem ficar curioso em relação ao filme pode ver sem medo (mas não sei se consigo :P).


Sou cética em relação a algumas coisas... abduções alienígenas são uma delas. Veja bem, não estou dizendo que não acredito em vida em outros planetas, e nem que essas vidas não possam ser inteligentes. Só não acredito que eles, se existirem, não perderiam seu tempo fazendo abduções e ainda se esforçando para que os abduzidos esquecessem do que viram.

Bill Waterson (imagem retirada da página "Depósito de Tirinhas" do Facebook)

Se esses seres inteligentes existem e tem realmente algum interesse no nosso planeta, acredito que seria mais ou menos o que acontece na seria V :P ] Não acho que gastariam tantos recursos (pq não deve ser “barato” abduzir e manter prisioneiros para experiências) para depois apagar as memórias.




Vamos a minha opinião em relação ao filme, pois foi isso que pensei em escrever, é interessante como eles apresentam o filme e até intrigante... vc fica curioso para saber o que se passa, mas me decepcionei com o filme.

No final do filme percebi que não se tratava de um entretenimento com base na ficção científica, e sim mais apresentação dos fatos para “no final você decidir em que acreditar”...

Vou dizer o que decidi acreditar... a mulher é perturbada, como não sou profissional não posso dizer que transtorno ela tem, mas não é normal... (ta certo, ninguém é normal, eu não sou normal, mas as pessoas acham que sou :P) e ela não parece nada normal... pode ser dissimulada, mas em nenhum momento acreditei na história de abdução :P

Me decepcionei bastante para ser bem sincera, achei que seria mais assustador, que realmente me faria acreditar que isso poderia ter acontecido.

Não sei se comecei a assistir o filme com muita expectativa ou ainda com muito ceticismo; só sei que se for pra ver alguma coisa que fale sobre vida alienígena prefiro continuar com Dr. Who! :D

Beijinhos e até mais :]


quinta-feira, 19 de julho de 2012

Viagem no tempo

Quando se trabalha num cubículo e quase não tem o que fazer a mente viaja... principalmente no tempo. Essas lembranças são muito gostosas e eu acho que todos deveriam se permitir fazer essas viagens no tempo. Pra mim elas ocorrem com mais frequência no trabalho, mas é só parar de pensar um pouco nos problemas e deixar os pensamentos livres que uma lembrança ou outra logo aparece. Hoje por exemplo, vi um casal jovem grávido aguardando atendimento na clinica, e automaticamente lembrei da minha amiga Juh e do marido dela Rafael, pois eles foram um casal jovem grávido. Um sorriso surgiu e lembrei de alguns momentos que presenciei ou soube que aconteceram e fiquei muito feliz por fazer parte desses momentos da vida deles, mesmo que muitas vezes como expectadora... fico ainda mais feliz por perceber o quanto eles cresceram/amadureceram nesses 6 anos :] As lembranças que mais gosto de ter são as da infância: um doce que a mamãe fazia, uma brincadeira com os amigos, um colega que vivia implicando, mas que você gostava de verdade... É muito bom perceber, que apesar de tudo, tivemos bons momentos! :] Então, fica a dica: deixe seus pensamentos livres por alguns momentos... deixe que eles te levem para algum lugar no passado, mesmo que recente. Caso eles te levem para algum momento não tão bom, espante-os, pois de problemas e tristezas já bastam os do presente. Beijos e até a próxima.

quinta-feira, 1 de março de 2012

TPM

Sempre me autonominei de Garota TPM (Tensão pré, período e pós menstrual) e sempre quis fazer um post sobre esse assunto também. Analisando meus posts atuais e o comentário de uma amiga muito especial (Juh Cimiano) percebi que não estava mais me dedicando aos posts como deveria, então resolvi começar com esse.

A Tensão pré-menstrual (TPM para os íntimos) é o conjunto de sintomas (físicos e emocionais) causados pela oscilação hormonal (que é normal, mas algumas mulheres sentem mais que as outras). TPM é sério!!! Não é apenas uma desculpa para evitar a briga ou ainda para justificar a irritação, porém nem tudo que sentimos é TPM.
Para ser TPM os sintomas tem que aparecer na 2ª fase do ciclo (5 a 15 dias antes do início da menstruação) e PRECISA sumir quando a menstruação chega, caso não descapareça não é TPM.
Pesquisando para esse post que descobri que a maioria das coisas que eu dizia ser TPM não são, e tenho que investigar o que é... quando descobri eu conto :]
Voltando para o assunto... a TPM tem mais de 150 sintomas e é diferente em cada mulher (mesmo mulheres da mesma família possuem variações nos sintomas e na força dos mesmos), assim como é diferente a intensidade, felizmente possuem mulheres que não sentem (ou quase não sentem) os sintomas, e tem mulheres que sofrem tanto que precisam de tratamento intensivo e as vezes da ajuda de outras áreas da saúde como a psiquiatria por exemplo, nesses casos é chamado de Transtorno Disfórico do Pré-menstrual, acontece em menos de 10% das 75% que sofrem de TPM.
Os sintomas mais comuns da TPM são: irritabilidade, depressão, inchaço (barriga, seios e membros inferiores), dores de cabeça, cólicas, aumento do apetite (principalmente por doces)...
Para saber se os sintomas que você sente são de TPM mesmo, observe e anote durante 3 meses quais foram os sintomas, quando apareceram, a intensidade deles e principalmente se sumiram com a chegada da menstruação. Vale a pena lembrar que quando mais stress a mulher tem, maior a chance dos sintomas se intensificarem ou até mesmo maiores são as chances de surgir a TPM.
TPM tem tratamento, não que ela sumirá para sempre, mas pode amenizar muito os sintomas. Claro que como todo tratamento deve ser indicado pelo seu médico, converse com seu ginecologista, informe os sintomas e intensidade e juntos vocês descobrirão a melhor forma de tratá-los.
Mas como qualquer problema de saúde você pode ajudar no alívio dos sintomas com alimentação e exercícios (sim, eu sei... eu sou do grupo das preguiçosas e sempre me dói quando eu ouço isso :P).
Então... resumindo: TPM é sério, tem tratamento e tem início, meio e fim :]
Nem sempre você está irritada, ou chorosa por conta da TPM, por isso sempre é bom o auto-conhecimento, se observe... quando vc fica assim? Quando tudo acaba? Quem são os responsáveis heheh A melhor forma de saber se esta tudo bem com você é se conhecendo e conversar com seu médico quando alguns dos sintomas da TPM persistirem por muito tempo.

Claro que não vamos sair por aí falando para todas que o que elas sentem não é TPM, que ela simplesmente é grossa por natureza mesmo (kkkk) mas também não podemos permitir que a seriedade do assunto seja diminuída por conta da banalização do tema.
Por conta disso não serei mais a Garota TPM heheh, pelo menos até eu descobrir o que eu tenho :P

Melhores informações: quais são os hormônios que nos deixam nesse estado, sobre alimentação, sintomas e tratamento vocês podem encontrar nos sites que achei :P, não coloquei tudo no post para não ficar muito grande. Os sites são Gineco, ABC da Saúde e o Clube da TPM (esse é ótimo pois o site inteiro é sobre TPM, e feito para as mulheres :])

É isso...
Obrigada pela leitura :]

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Oscar 2012 - Melhor canção original

Quando soube que "Real in Rio" não tinha ganho a estatueta de melhor canção original esse ano, fiquei muito furiosa!!!
Sabemos que o Oscar não pode ser utilizado como base para melhores filmes, afinal é muito etilizado e filmes estrangeiros (principalmente latinos) dificilmente ganham...

Fiquei bem contente em saber que Rio estava concorrendo... descobri que SOU APAIXONADA por esse filme... eu simplesmente ADORO... então dá para entender a minha furia né?

Então, tinha resolvido falar muito mal da concorrente... Man or Muppet, Os Muppets (Bret McKenzie), mas não podia falar mal sem conhecer, então fui procurar no youtube a música (já que não vi o filme ainda) e quase chorei :/
Apesar de achar a música do Rio muito melhor... tenho que admitir que a ganhadora do Oscar 2012 de melhor canção original é muito boa :]

Não consegui incorporar os videos, mas segue os links para Favo de mel (Rio)e Man or Muppet